Saúde e Doenças Cardiovasculares

É porque o sentimos, e porque é palpável que temos uma relação especial com o nosso coração que não temos com os outros órgãos. E quando o nosso coração pára de trabalhar, nós também paramos. “Doenças cardiovasculares” é um termo genérico que designa todas as alterações patológicas que afectam o coração e/ou os vasos sanguíneos. No termo incluem-se a doença cardíaca coronária, a hipertensão e a aterosclerose. Um dos mais importantes factores de risco de doenças cardiovasculares é a hipertensão (tensão arterial elevada).
O coração é uma verdadeira maravilha da natureza.
Um músculo que é pouco maior que um punho serrado é responsável por bombear pelo nosso corpo uma média de 9 000 litros de sangue por dia, batendo aproximadamente 100,000 vezes por dia ou cerca de 2,5 bilhões de vezes em uma vida de 70 anos. Farta-se de trabalhar, por isso é muito importante evitar as doenças cardiovasculares.

Infelizmente as doenças cardiovasculares são bastante comuns.

Estima-se que as doenças cardiovasculares sejam responsáveis por cerca de 40% dos óbitos em Portugal. A cada 60 minutos morrem 4 pessoas em Portugal por causa delas. Os números são assustadores mas está ao nosso alcance baixá-los. No nosso corpo, o coração leva sangue a todos os órgãos, garantindo todos os nutrientes que precisamos para viver. E o coração é tão poderoso que consegue alterar os níveis de impulsão do sangue conforme a situação em que nos encontramos. Qualquer pessoa que alguma vez esteve apaixonado sabe exactamente do que estou a falar. Doenças Cardiovasculares: Infarto Mas o factor mais importante na saúde do coração, e na sua capacidade de bombear o sangue, é a eficácia das artérias coronárias a transportar o sangue até ao coração. O coração recebe oxigénio e nutrientes através de 3 artérias principais, que podem ser vistas na sua superfície. Se, com a idade ou com maus hábitos, essas artérias começam a estreitar, o músculo do coração enfraquece porque não recebe quantidades suficientes de oxigénio e nutrientes, o que pode originar uma doença cardiovascular. E, se uma ou mais das artérias ficar completamente bloqueada, parte do músculo cardíaco pode morrer. Isto é vulgarmente referido como ataque cardíaco ou infarto do miocárdio.

As doenças das artérias coronárias, as que alimentam o próprio coração, são a principal causa de morte nos países desenvolvidos.

Cada pessoa tem 40% de probabilidades de morrer de uma doença de coração e 50% de probabilidades de vir a sofrer de problemas de envelhecimento de artérias. Com estes dados é fácil perceber como a saúde das nossas artérias é fundamental para manter o nosso coração saudável. Felizmente somos nós quem dita a qualidade do sangue que nos corre nas artérias, e somos nós quem fornece o que vai proteger ou prejudicar o seu revestimento. Através do que comemos, do exercício que fazemos e como respondemos ao stress ambiental podemos transformar os nossos corações em órgãos mais fortes e jovens. Se soubermos quem é o inimigo podemos derrotá-lo, por isso é importante saber quais são as maiores ameaças à saúde dos nossos corações e aprender algumas coisas simples que todos podemos fazer para garantir o nosso bem-estar, a começar hoje.

Se quer melhorar significativamente a sua saúde arterial e consequentemente evitar as doenças cardiovasculares, aqui estão algumas sugestões:

  • Tome suplementos especializados para o bom funcionamento do sistema cardiovascular.
  • - Não fume. Os fumadores de mais de um maço de cigarros por dia têm quatro vezes mais enfartes do miocárdio do que os não fumadores. Fumar 1 a 5 cigarros por dia aumenta o risco da ocorrência de enfarte em 40%.
  • - Controle o seu peso.
  • - Reduza a quantidade de sal, gorduras saturadas e carne, e aumente a de frutas frescas, verduras, legumes, cereais integrais e peixe.
  • - Consuma gorduras saudáveis como por exemplo uma colher de sopa de azeite extra virgem cru, 115 gr. de peixe, e aproximadamente 12 nozes cruas e sem sal, por dia.
  • - Pratique exercício físico moderado com regularidade, por exemplo andar 30 minutos por dia.
  • - Não beba bebidas alcoólicas em demasia, mas beba um pequeno copo de vinho tinto todas as noites.
  • - Controle regularmente a tensão arterial e os níveis de colesterol. Se um dos seus pais ou um parente próximo desenvolveu uma doença cardiovascular antes dos sessenta anos, você terá mais probabilidades de vir a desenvolver uma doença desse tipo. A tendência para tensão alta e a tendência para ter valores mais altos de LDL (mau colesterol) ou valores mais baixos de HDL (bom colesterol) podem ser transmitidos hereditariamente. O LDL acumula-se nas paredes das nossas artérias onde houver uma lesão, quase como uma argamassa, enquanto o HDL “alisa” o excesso. Por isso é importante prestar atenção a estes dois valores.
  • - Mantenha os níveis de açúcar no sangue abaixo dos 100mg/dl. O excesso de açúcar no sangue provoca o aparecimento de fendas nas junções das paredes artérias. Por essa razão todos nós, não só as pessoas que sofrem de diabetes, temos de evitar os alimentos ricos em açúcares simples.
  • - Faça frente ao stress e à depressão. O stress crónico prejudica o coração, trabalhar activamente para reduzir esse stress manterá o seu coração saudável e evitará muitas das doenças cardiovasculares. Terapias como meditação e técnicas de relaxamento ensinam-nos a lidar melhor com o stress. O contacto social, a devoção religiosa, brincar com um animal de estimação, exercício, são métodos eficazes para reduzir o stress e ajudam também na depressão. Descubra aquilo que gosta de fazer e dedique algum tempo a isso.

DADOS IMPORTANTES:

Frequentemente as doenças cardiovasculares só se manifestam quando já se encontram num estado avançado. É estimado que 25% das pessoas que sofreram ataques cardíacos nunca tiveram  sintomas antes do ataque.
As doenças cardiovasculares começam cedo. De acordo com um estudo recente, verificou-se em adolescentes com apenas 15 anos o princípio da formação de aterosclerose.
As doenças cardiovasculares não são o resultado inevitável do envelhecimento, existem muitas medidas preventivas para as evitar.
A saúde do seu coração está nas suas mãos, por isso tenha  bom coração cuide da sua saúde cardiovascular.

____________

Lista dos Conteúdos Arquivados em “Doenças Cardiovasculares”:

____________


Unique visitors to post: 251